top of page

Desconstruindo o Racismo Estrutural: Uma Reflexão Necessária

Atualizado: 10 de abr.




No dia em que o mundo se unia para lembrar o 21/03, Dia Internacional Contra a Discriminação Racial, o Shopping Penha decidiu ir além das palavras vazias de apoio e nos convidou para realizarmos uma palestra impactante sobre um tema urgente: o Racismo Estrutural. Sob a batuta do palestrante Carlos Vitor, pesquisador socioambiental e coordenador de ESG do Grupo Salus, os colaboradores foram guiados por uma jornada de reflexão e aprendizado.


A palestra teve como pilares termos como Racismo Ambiental, Racismo Institucional e suas relações solidificadas no Racismo Estrutural. Carlos Vitor não apenas delineou esses conceitos, mas também elucidou suas interconexões e impactos na sociedade contemporânea. Os presentes foram levados a compreender como essas formas de discriminação se entrelaçam, reforçando estruturas de desigualdade e perpetuando injustiças.


Alicerçado em sólidas referências bibliográficas, como as obras de Laurentino Gomes, Silvio Almeida, Djamila Ribeiro e Carla Akotirene, o palestrante conduziu uma discussão enriquecedora, baseada em fatos, análises e perspectivas multifacetadas. Esses autores, cada um à sua maneira, contribuíram para desvelar as camadas do racismo estrutural, oferecendo ferramentas para sua desconstrução.


Mais do que um mero relato histórico, a palestra foi um convite à reflexão sobre a influência dos acontecimentos passados nas relações e vivências contemporâneas. Carlos Vitor não se limitou a expor os fatos, mas instigou os participantes a questionarem suas próprias visões e atitudes frente a questões raciais. Ele mostrou como o racismo estrutural permeia todas as esferas da sociedade, moldando relações, instituições e oportunidades de forma sutil, mas profundamente arraigada.


Ao término da palestra, ficou claro que a luta contra o racismo não é apenas uma responsabilidade das minorias, mas sim de toda a sociedade. Cada um dos presentes foi instado a se tornar um agente de mudança, comprometido em desconstruir os padrões injustos que perpetuam a desigualdade racial.


E para incentivar ainda mais o engajamento nessa causa tão importante, houve o sorteio do Livro "Um Pequeno Manual Antiracista" de Djamila Ribeiro, uma obra essencial para quem busca compreender e combater o racismo no dia a dia.


Essa ação é referente ao reconhecimento do Instituto Salus em relação ao Selo de Igualdade Racial pela Secretaria de Direitos Humanos e Diversidade de São Paulo. É um passo significativo rumo a uma sociedade mais justa e inclusiva, onde todos tenham oportunidades iguais, independentemente de sua origem ou cor da pele.


Em um mundo cada vez mais diverso e interconectado, o combate ao racismo não pode mais ser adiado ou negligenciado. O Shopping Penha demonstrou liderança ao abordar esse tema de forma tão corajosa e inclusiva. Que essa palestra seja apenas o primeiro passo de uma jornada contínua rumo a uma sociedade mais justa e igualitária para todos os seus membros.




9 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page